Tom: McBusted, stress da vida pública e McFly

Essa notícia é um pouco antiga, mas gostaríamos de compartilhar com vocês. Tom Fletcher falou com exclusividade com o MailOnline sobre McBusted, o stress de ser uma pessoa pública e o McFly.

Abaixo você pode conferir a entrevista traduzida do site Daily Mail.

 

Entrevista exclusiva de Tom Fletcher

A estrela discute se o McBusted irá se reunir, o stress de ser uma pessoa pública e como os integrantes do McFLY “não terem matado um ao outro” é uma grande conquista.

Falando exclusivamente com o MailOnline para sua nova campanha com a Danone, o cantor de 34 anos, contou que sua realização profissional que mais lhe orgulha é que os membros do McFLY “ainda não mataram uns aos outros”. O grupo formado em 2003, está atualmente no meio do processo de escrever novas músicas e eles também estão prontos para iniciar uma turnê em arenas neste ano.

Do seu tempo com a banda, Tom disse: “O fato de estarmos juntos depois de 17 anos, é algo tão raro. A maioria das bandas não ficam juntas por tanto tempo. Quando você olha pra trás, você vê que a coisa que mais significa pra você é somente ficar com seus amigos e se divertirem. Eu acho que quanto mais velho ficamos, mais entendemos isso. Eu acho que nossa maior realização é não termos matado um ao outro durante esses 17 anos.”

mcfly
Tom admite que não existe uma possibilidade de uma reunião do McBusted em um futuro próximo, após o rompimento da banda em 2015.O grupo contava com todos os membros do McFLY junto a James Bourne e Matt Willis do Busted.

Charlie Simpson decidiu não se juntar ao supergrupo, mas logo depois se reuniu com o Busted – após o McBusted ter rompido.

Tom disse: “Tudo isso veio de uma maneira inesperada. Não tinha um grande plano em fazer isso, aconteceu do nada. Eu não tenho visto muito o Charlie, pra ser sincero. Eu sou muito amigo do Matt e do James. Se fosse algo que todos estivéssemos empolgados para acontecer futuramente, então talvez pudesse rolar, mas agora eles tem o Busted como foco e nós o McFLY”

mcbusted

Tom tinha apenas 18 anos de idade quando o McFLY surgiu em cena e atingiu a posição de número 1 com o seu álbum de estreia Room On The 3rd Floor.

Apesar de ter desfrutado do grande sucesso da banda, Tom admite que “a angústia” que vem com o fato de ser um adolescente não foi fácil de lidar estando aos olhos do público. Ele disse: “É difícil quando você faz isso muito novo e você tem todas as emoções e angústias de um adolescente aos olhos do público, isso é difícil. Nós somos privilegiados por termos isso. Existem músicos incríveis por aí que nunca tiveram a oportunidade de ter o que nós temos”

Apesar de estar com a banda por 17 anos, Tom insiste que ele nunca teve qualquer interesse de tentar uma carreira solo. Ele disse: “Musicalmente, eu sinto como se a banda fosse sempre meu refúgio. Eu nunca tive o desejo de fazer isso [carreira solo]. Uma das coisas que eu mais amo sobre estar em uma banda é estar com os meus amigos. Fazer isso sozinho e a ideia de ir para turnê sem ninguém, não me empolga muito”

Enquanto muitos membros do McFLY tenham participado e se deram bem, em programas como “Strictly Come Dancing” e “I’m A Celebrity…Get Me Out Of Here’!”, Tom acredita que a pressão para seguir os passos deles seria muito grande.

Ele disse: “Meus companheiros de banda ganharam a maioria dos programas. Danny é jurado no The Voice Kids, Harry ganhou o Strictly Come Dancing, Dougie ganhou I’m A Celebrity e meu cunhado [Mario Falcone] participou do Celebrity Big Brother. Acaba que se cria uma pressão para vencer! Eu sempre tive outras coisas que me mantiveram ocupado e criativamente satisfeito”

Tom é pai de três meninos Buzz de 5 anos, Buddy de 3 anos, e Max de 17 meses de idade, com sua esposa Giovanna de 35 anos, que ele conheceu pela primeira vez quando tinha 13 anos quando ambos estudavam na escola de teatro Sylvia Young.

Tom disse que ele já consegue ver seu filho mais velho, Buzz, com o potencial de seguir os passos artísticos do pai.

Ele disse: “Meu filho de cinco anos é bastante engajado com a musica. Ele ama, ele é um pequeno artista e gosta de se mostrar. Meu filho de 3 anos não poderia se importar menos sobre eu estar em uma banda. Ele gosta de ficar lá fora brincando na lama. Ele foi ao show do McFLY ano passado, então ele viu o que eu faço, mas meu filho mais velho já se interessava por isso desde que ele era muito pequeno”

Perguntado qual conselho daria ao seu filho se ele quisesse seguir uma carreira na música, Tom disse ao MailOnline: “Sua vida inteira esta comprometida ao fato de você estar em uma banda. Toma completamente seu tempo. É um grande comprometimento e você tem que trabalhar bastante.
É um trabalho incrível, mas por trás das câmeras não é tão glamuroso como todo mundo acha. Ele verá isso ao longo dos anos, com certeza”.

Tom revelou que não tem certeza se o McFLy irá ter mais turnês no futuro, explicando que as prioridades dos integrantes tem mudado agora que a maioria deles são pais. Ele disse: “Depende da demanda dos fãs, se as pessoas querem nos ver ao vivo. A maioria de nós tem filhos agora, só o Dougie que não. A banda era nossa prioridade, mas agora nossas famílias são prioridades nas nossas vidas”

Tom e Giovanna organizaram uma sessão de culinária interativa nesta semana para Danone.
Tom disse: “Tem tantos ingredientes que você não conhece. A nova linha são com alguns ingredientes simples que são facilmente reconhecidos. Nós sabemos o que tem neles e o que que nós estamos usando para alimentar nossos filhos.”

Fonte: Daily Mail

“Cause it’s always better late than never…”

26 anos, libriana, formada em Comunicação Social em Rádio e TV e cursando MBA em Marketing Estratégico. Não dispensa uma cerveja, viciada em futebol e apaixonada por McFly e The Maine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.